Três projetos denominando novas ruas: Arnaldo Gauer, Protásio Oliveira e Reynaldo Löhder

por adm publicado 26/11/2019 15h21, última modificação 26/11/2019 15h21
Na Sessão Ordinária da próxima quinta-feira, 28 de novembro, os vereadores estarão analisando e votando três projetos denominando Ruas. Diferente do que pensa o imaginário coletivo, a aprovação de matérias deste tipo é de suma importância para, por exemplo, os moradores naquela rua solicitarem a ligação de água e luz.
Três projetos denominando novas ruas:  Arnaldo Gauer, Protásio Oliveira e Reynaldo Löhder

Três ruas são neste novo empreendimento

O projeto de lei 030/19, da vereadora Rose Almeida (PSB), denomina a Rua 01, do Loteamento Pontal dos Plátanos, localizado no Bairro Imigração, de “Arnaldo Gauer”. O homenageado morou no local onde hoje está situado o novo Loteamento.

         Através do projeto de lei 31/19, o vereador Talis Ferreira (PL) propôs denominar a Rua 04, situada no mesmo Loteamento, de “Protásio Henrique Martins de Oliveira”.  De 1949 até 1957, Protásio morou no Porto dos Pereiras, onde dedicou-se ao cultivo de flores e plantas ornamentais, em viveiros da família. Em 1957, mudou-se para a cidade, onde comprou o Engarrafamento e Depósito de Bebidas que passou a chamar-se Oliveira e Luft. A empresa passou por algumas transformações, e atualmente a LF Oliveira é dirigida pelo filho do homenageado, Fernando Oliveira.

         Fechando a pauta de denominação de ruas, o projeto de lei 32/19, de autoria do vereador Joel Kerber (Progressistas) propõe, também no Loteamento Pontal dos Plátanos, denominar a Rua nº2 de “Reynaldo Ricardo Löhder”.

Requerimentos em votação:

  • De autoria do vereador Felipe Kinn, propondo realização de reunião para tratar sobre o projeto de lei do Carnaval Montenegrino. Também de autoria do vereador, proposição de reunião para tratar sobre o itinerário do ônibus seletivo (“o amarelinho”);

 

  • De autoria da vereadora Josi Paz: requerimento propondo a realização de Sessão Comemorativa em homenagem aos 28 anos dos Grupos Organizados do Lar - Gol e 63 anos da Extensão Rural da Emater.